100%

Coral Vozes do Prado será homenageado na Câmara pelos seus 30 anos.

A Câmara de Vereadores de Antônio Prado prestará homenagem pela passagem de seus 30 anos do Coral Vozes do Prado, durante a Sessão Ordinária da terça-feira, 17 de abril de 2018 a partir das 19 horas na Sala Legislativa Olímpio Roveda na Casa de Pedra.

O Coral Vozes do Prado foi fundado em 1987 por um grupo de pessoas que sentiam a necessidade de animar as missas e as celebrações da Igreja Matriz de Antônio Prado.
Com o passar dos anos o grupo percebeu que tinha potencial para fazer muito mais. Decidiram trabalhar a recepção turística do município, investindo no repertório de músicas do folclore italiano, resgatando, preservando e incentivando a divulgação da cultura, das tradições e das memórias dos imigrantes italianos. Transmitindo a alegria e a determinação de nossos antepassados.

Desde a sua fundação em 1987, o Coral Vozes do Prado teve a coordenação de Hilva Maria Ampessan Bortolotto (in memórian) – Grande incentivadora, juntamente como seu esposo Nilo Bortolotto.
De Vitor Luiz Tonin, de grande valia na direção, juntamente com sua esposa Inês Valiatti Tonin.
De Rosalia Peroni Spindler , cantora soprano, e uma das fundadoras.
De Itacir Paulino Stefani, grande tenor e divulgador de nossa cultura.
E de Pedro Maccari, também tenor e apaixonado pelo canto coral.

O Coral Vozes do Prado atualmente está sob a coordenação de Pedro Maccari e Regência da Musicista Nelsa Dupont Ferri.

Carinhosamente chamado de: “o guardião de nossas raízes” pela comitiva italiana que esteve em nossa cidade por ocasião do 100 anos da imigração italiana em 1999, o Vozes do Prado celebra em todo esse ano suas bodas de pérola na cantoria, com ênfase no folclore italiano.
Um coral de ANTONIO PRADO, e que representa a cidade mais italiana do Brasil em eventos locais, regionais e nacionais.

Parte da sua trajetória está registrada em dois Cds: O CD Bel Mazzalin de Fiori e o CD La Bella Polenta, ambos com canções do folclore italiano.
Atualmente, com repertório variado em canto coral, possui integrantes adolescentes, jovens e adultos da comunidade, que semanalmente realizam ensaios para as suas apresentações.

Além do canto coral, do canto popular “talian” , o Vozes do Prado destaca-se no espetáculo cênico musical “ Cantando o Filó”,  sucesso em Caxias do Sul, Porto Alegre e Antônio Prado. O espetáculo representa fielmente o “filó” com os encantos das cantorias, da reza, a partilha da alegria, a convivência amiga, a educação através do exemplo mostrado aos filhos, e a verdadeira arte de conviver.

O espetáculo, Canto: Alegria e Nostalgia, fruto do Projeto do Ponto de Cultura conquistado em 2012, também alcançou sucesso, e emocionou a todos que já assistiram. O Projeto Ponto de Cultura está aguardando a terceira etapa para a conclusão, onde são oferecidas gratuitamente ao coral e a comunidade, nove oficinas: Canto coral, violão, técnica vocal, percussão, expressão corporal, talian, dança italiana e fotografia.

O Coral Vozes do Prado eleva o nome de nosso município para os mais variados rincões de nosso Estado, através da participação de programas de TV. Por diversas vezes se apresentou no Jornal do Almoço da RBS Caxias; no especial da RBS TV, Buonna Gente, e também no Rede Olhares, da extinta UCS TV de Caxias do Sul, entre outros.
Em 2017 firmou parceria com a Fundação Banco do Brasil FENABB, participando da gravação de um DVD em Marcelino Ramos em agosto de 2017, e no dia 25 de agosto deste ano irá cantar no encontro de coros da AABB em São Lourenço do Sul, onde também terá a participação no DVD.
 
A sessão é aberta ao público e será transmitida ao vivo pelo canal do Facebook da Câmara de Vereadores de Antônio Prado.
Protocolos desta Publicação:Criado em: 12/04/2018 - 14:57:21 por: Paulo Barp - Alterado em: 13/04/2018 - 14:29:23 por: Paulo Barp

Notícias

Motocross recebeu moção de louvor no Legislativo.
Motocross recebeu moção de louvor no Legislativo.

Nesta Sessão Ordinária não tivemos nenhum projeto apreciado e votado em plenário. No espaço reservado para as proposições dos vereadores foram aprovados por unanimidade, três pedidos de informações, duas moções de pesar e duas moções de louvor.